Cirurgia Refrativa a Laser: Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia

 Cirurgia-Refrativa

O que é Cirurgia Refrativa?

A Cirurgia Refrativa é o nome dado aos procedimentos cirúrgicos para a correção dos Erros Refrativos (Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia). É geralmente indicada ao paciente que apresenta alta dependência dos óculos para enxergar.

A Cirurgia Refrativa é feita 100% a laser, o que a torna um procedimento considerado seguro e que dispensa a necessidade de internação. A anestesia é tópica, aplicada em gotas de colírios e o procedimento cirúrgico é realizado por um maquinário altamente tecnológico e preciso.

Laser

Controlado por um computador de precisão, pulsos de laser são disparados para dentro do olho, removendo partes do tecido da córnea e modificando sua forma.

Na correção da miopia, a córnea tem sua curvatura corrigida, através da retirada de camadas microscópicas de tecido corneano e deixando-a mais plana.

O astigmatismo é corrigido da mesma forma, com o tratamento da córnea no eixo mais curvo. Na hipermetropia o laser remove tecido da periferia, aumentando a curvatura da córnea.

Tipos de Cirurgias Refrativas

A mudança na curvatura da córnea é obtida com a aplicação de Laser na sua superfície. Controlado por computador, o Laser pode retirar camadas de tecidos com precisão microscópica, sem causar danos às áreas adjacentes.

Existem duas técnicas diferentes para as Cirurgias Refrativas à Laser: a LASIK e a PRK.

Lasik – Laser in situ Ceratomileusis

Nesta técnica, a aplicação do Laser corretivo acontece depois do levantamento do flap. Flap é o nome dado para a fina camada de tecido corneano que será retirada ou remodelada. O Flap é confeccionado com o Laser System, que é o laser de femtosegundo.

Depois que o Flap é levantado, o cirurgião usa o  Laser para remover uma quantidade pré-determinada de tecido corneano, remodelando a curvatura da córnea e removendo o grau.

O tempo de aplicação de laser é de alguns segundos por olho, corrigindo graus de miopia, de hipermetropia e de astigmatismo. A cirurgia é feita com anestesia tópica.

View Video

O paciente vai para casa imediatamente após o procedimento, usando óculos escuros e colírios.

PRK – Photorefractive Keratectomy

É uma técnica onde o Laser é aplicado sobre a córnea após a retirada do epitélio (camada superficial de células). Sua grande vantagem é a simplicidade, no entanto é mais desconfortável e a recuperação visual é mais lenta, porém o resultado final se assemelha ao Lasik.

A cirurgia é feita com anestesia tópica. Hoje PRK é a técnica de escolha em córneas finas e casos limítrofes devido a maior estabilidade da córnea quando se faz um tratamento de superfície.

Cirurgia Refrativa 100% a Laser Personalizada

A Cirurgia Refrativa Personalizada é um tratamento de cirurgia refrativa 100% a laser que graças à tecnologia da Topografia de Segmento Anterior que faz um exame de última geração para avaliar não só a córnea, como a câmara anterior do olho, a íris e o cristalino.

Este aparelho usa uma máquina fotográfica rotacional que analisa as estruturas do olho em 25.000 pontos medidos, gerando imagens tridimensionais precisas.

Observações

A cirurgia a laser aplica-se à maioria dos pacientes, desde que se satisfaça alguns critérios como:

• Idade mínima de 18 anos;

• Córneas saudáveis;

• Pouca alteração do grau nos últimos doze meses;

• Ausência de gravidez;

• Existem algumas condições médicas em que a cirurgia não é recomendada (consultar médico oftalmologista).

Correção da Presbiopia a laser

Uma das estratégias mais simples para a correção da presbiopia seria a monovisão clássica com indução de miopia no olho não dominante, que é feita de acordo com a idade do paciente.

Entretanto o objetivo das foto-ablações para a presbiopia é de preservar, ao menos em algum grau a acuidade visual para longe de modo a facilitar a adaptação do paciente, proporcionando maior independência visual.

As diversas foto-ablações para a presbiopia podem ser realizadas tanto por meio da técnica LASIK com laser de femtosegundo, bem como ablação de superfície.

Tecnologias na Cirurgia Refrativa

Laser:

Uma tecnologia alemã que oferece segurança para o seu tratamento. O Laser é um dos mais modernos equipamentos para realização de cirurgias refrativas e corrige enfermidades como miopia, hipermetropia e astigmatismo.

O equipamento dá aos cirurgiões a possibilidade de personalizar o tratamento, baseado na refração do paciente, o tamanho da córnea, o tipo de anormalidades e as características do flap.

Além disso, o laser é rápido e permite corrigir uma dioptria em apenas 1,4 segundos. O equipamento também está equipado com um rastreador ocular, que garante a precisão da aplicação, independente do movimento dos olhos durante o procedimento.

Laser System:

Avançada tecnologia de laser usada para realização do Flap durante a cirurgia refrativa. O procedimento conhecido como fentosecond é o mais seguro e avançado laser para cirurgia refrativa.

Máquina Fotográfica Rotacional:

O equipamento é capaz de um exame de última geração para avaliar não só a córnea, como a câmara anterior do olho, a íris e o cristalino. Este aparelho usa uma máquina fotográfica rotacional que analisa as estruturas do olho em 25.000 pontos e permitem uma análise detalhada da córnea aumentando a segurança na indicação da cirurgia refrativa e determinando a melhor técnica a ser usada.

Este também possui a ferramenta mais completa para diagnóstico de ectasia corneana e sua susceptibilidade, o Belin/Ambrosio Enhanced Display (BAD), o que demonstra inúmeros índices de segurança na cirurgia refrativa.

Cuidados pré-operatórios

Orientações gerais:

• É recomendável vir acompanhado e é necessário que o acompanhante dirija o carro para você após a cirurgia; pois a visão pode ficar embaçada nas primeiras horas após o procedimento;

• Faça sua higiene ocular normalmente e use roupas confortáveis, não utilize maquiagem e perfume;

• Não utilize lentes de contato no dia da cirurgia. Fique o máximo que puder sem lentes nos dias que antecedem a cirurgia, de preferência de 7 a 10 dias;

• Alimentação normal, de preferência leve;

• Pingue os colírios conforme orientado. Nunca coce os olhos;

• Na noite anterior, fazer higienização facial completa com água morna e sabonete neutro, especialmente nas pálpebras;

• Se fizer uso de medicação sistêmica (oral) não há necessidade de suspendê-las.

No dia da cirurgia

• Não usar nenhuma espécie de creme facial – inclusive creme de barbear, maquiagem, perfume, desodorante perfumado ou qualquer outro produto que contenha álcool ou perfume;

• Repetir a higienização facial da noite anterior (com água morna e sabonete neutro);

• Tomar café da manhã conforme a rotina diária, almoço normal;

• É feita uma limpeza completa no rosto, pálpebras e olhos, conforme assepsia exigida pelo cirurgião;

• A anestesia é realizada com colírios (tópica);

• O paciente entra na sala de Wavelight® Ex500 Excimer Laser e é devidamente identificado diante do médico-cirurgião;

• O médico insere os dados do paciente no sistema e calcula o tratamento exato do laser;

• O paciente é orientado pelo médico quanto à posição correta em frente do equipamento e o ponto luminoso em que deve fixar o olhar;

• O paciente permanece imóvel durante o procedimento que é rápido e indolor;

• O mesmo processo poderá ser realizado, imediatamente, no outro olho, se o paciente assim desejar;

• Imediatamente após a cirurgia o paciente, acompanhado pela enfermeira, deixa o centro cirúrgico, ficando por alguns minutos na sala de descanso;

• A enfermeira colocará no paciente o protetor transparente ou óculos escuros;

• O paciente retira a roupa cirúrgica e é levado à recepção, onde receberá as informações referentes aos cuidados pós-operatórios e às datas para as avaliações da cirurgia.

Cuidados pós-operatórios

• Inicie a medicação recomendada imediatamente após a cirurgia;

• Pingue os colírios até a hora de deitar e reinicie logo ao levantar;

• Tomar banho de chuveiro, lavar o rosto é permitido mas cuide para que não entre água nos olhos;

• Evitar praia, piscina e saunas por pelo menos 1 mês;

• Evite esportes com contato físico, locais com poeira, vento ou fumaça;

• Uso de óculos de sol com proteção ultravioleta é necessário;

• Leitura, televisão, computador ou dirigir, desde que se sinta confortável;

• Ao chegar em casa, tomar analgésico, conforme orientação médica;

• Não dormir sobre o olho operado;

• Não coçar os olhos, nem apertar as pálpebras contra eles.

Lembrete 1: Após as primeiras horas de cirurgia, os olhos poderão lacrimejar, a visão poderá ficar embaçada, dando a sensação da presença de areia nos olhos. Use os colírios para aliviar esses sintomas.

Lembrete 2: Os cuidados pós-operatórios são essenciais para a recuperação do paciente, que deverá respeitá-los conforme o período determinado pelo médico.

Recomendações do pós-operatório

Respeitar a orientação médica, quanto às atividades permitidas e prazo de liberação. Usar óculos escuros aumentando o conforto após a cirurgia. Diante de qualquer sintoma estranho, entrar, imediatamente, em contato com o seu médico.

View Video

Evitar ar-condicionado, praia, piscina, saunas, práticas esportivas, ambientes poluídos onde há poeira, fuligem, uso de maquiagem e carregar crianças ou animais domésticos. Pode ver televisão, mas a visão, provavelmente, estará embaçada.

Não testar a visão, alternando os olhos, porque, automaticamente, ao abrir um dos olhos, o outro será forçado de maneira inadequada. Comparecer aos retornos e consultas previamente agendadas, para que o médico possa avaliar a estabilização e a resposta ao tratamento.

Quer saber mais sobre as Cirurgias Refrativas? Acesse a Área de Atendimento e entre em contato conosco. Se preferir, ligue (37) 3371-2626


RELACIONADOS

Erros Refrativos Tratamento
Tratamentos de Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia
Os Erros Refrativos são pequenas deficiências visuais que afetam a visão da pessoa, diminuindo a qualidade de vida. Felizmente, estes Erros Refrativos não são doenças graves…
exames-de-refracao
Exames Refrativos: Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia
O tratamento mais indicado para a correção dos Erros Refrativos, como a Miopia, a Hipermetropia e o Astigmatismo, é a cirurgia refrativa. Este procedimento é…
miopia
Miopia - Erros Refrativos
A palavra miopia vem do grego “olho fechado”, e ganhou este nome porque obriga as pessoas a forçar os olhos para enxergar de longe até…
presbiopia
Presbiopia – Erros Refrativos
A presbiopia ou “vista cansada”, para a maioria das pessoas, inicia após os 40 anos. Estima-se que 25% da população brasileira sejam portadoras de presbiopia,…
astigmatismo
Astigmatismo - Erros Refrativos
O olho humano é o órgão responsável pelo sentido primário da visão. Em seu formato esférico, existem várias pequenas partes que têm funções específicas no…
hipermetropia
Hipermetropia – Erros Refrativos
O hipermetrope tem baixa visão para perto e longe. Se conseguir enxergar bem de longe, será com esforço e fadiga, pois o olho não consegue…